O que é alienação?

6 de fevereiro de 2010

S. f.
 1.  Ato ou efeito de alienar(-se); alheação.
 2.  Cessão de bens.
 3.  Transporte, enlevo, arrebatamento.
 4.  Psiq.  Alienação mental (q. v.).
 5.  Filos.  Processo ligado essencialmente à ação, à consciência e à situação dos homens, e pelo qual se oculta ou se falsifica essa ligação de modo que apareça o processo (e seus produtos) como indiferente, independente ou superior aos homens, seus criadores. [Cf. (nesta acepç.) objetivação e reificação.] 
 6.  Filos.  Estado, condição ou produto de alienação.
 7.  Hist. Filos. Segundo Hegel (v. hegelianismo), processo essencial à consciência e pelo qual ao observador ingênuo o mundo parece constituído de coisas independentes umas das outras, e indiferentes à consciência — independência e indiferença serão negadas pelo conhecimento filosófico.
 8.  Hist. Filos.  Segundo Marx (v. marxismo), situação resultante dos fatores materiais dominantes da sociedade, e por ele caracterizada sobretudo no sistema capitalista, em que o trabalho do homem se processa de modo que produza coisas que imediatamente são separadas dos interesses e do alcance de quem as produziu, para se transformarem, indistintamente, em mercadorias.
 9.  P. ext.  Falta de consciência dos problemas políticos e sociais.

u Alienação fiduciária.  Econ. 
 1.  Transferência pelo devedor ao credor do domínio de um bem, em garantia de pagamento. 

u Alienação mental.  Psiq. 
 1.  Qualquer forma de perturbação mental que incapacita o indivíduo para agir segundo as normas legais e convencionais do seu meio social. [Tb. se diz apenas alienação.] 

Alienação da moda, da marca, da política, da formação em série uniformizados em carteiras como esteiras da produção nas escolas. Só depende de nós fazer da reflexão os passos de nossos próprios planos.

Referência: Dicionário Aurélio (programa) – Foto: Brasil Escola – Referência em Vídeo

Compartilhe
: Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *